Prefeitura busca soluções para manter serviços monetários do Banco do Brasil

002Visto os incontáveis prejuízos aos mais de 3 mil clientes da agência do Banco do Brasil, em Inconfidentes, por conta do encerramento de operações numerárias na agência de Inconfidentes, o Prefeito de Inconfidentes, Décio Bonamichi, esteve em Belo Horizonte para buscar soluções para reverter essa decisão, que foi tomada em Brasília sem prévia comunicação ao Município. 

Uma reunião de urgência com a Superintendência do Banco do Brasil em Minas Gerais foi feita, nesta quarta-feira, por intermédio do Deputado Inácio Franco, para tratar dessa questão com os gerentes Eduardo Baltazar Diniz e José Vicente Lucas de Souza e participação do chefe de gabinete do Deputado Cláudio Brandão, o prefeito de Inconfidentes Décio e o assessor de gabinete, Gleder Cavenaghi.

Ao contrário do que está sendo divulgado, a agência de Inconfidentes não será fechada, ficaram encerradas as operações com dinheiro, como saques, transferências e pagamentos. Porém, os serviços de abertura de contas, financiamentos, empréstimos e carteira agrícola continuam.

Inconformado com a decisão, o próximo passo do Prefeito, que já está acertando sua agenda, será uma viagem à Brasília para discutir o problema com a direção do Banco do Brasil e buscar o restabelecimento desses serviços na agência de Inconfidentes.