Inconfidentes dobra o número de vagas para Programa de Educação em Tempo Integral (PROETI)

Criado: Terça, 25 Setembro 2018

MVI 8814.MOV snapshot 00.03 2018.09.25 17.03.53Para promover o acesso de um número maior de crianças ao Programa de Educação em Tempo Integral (PROETI), a Prefeitura Municipal de Inconfidentes conseguiu dobrar o número de vagas, em 2018. O Projeto é aplicado no Centro Educacional Municipal Américo Bonamichi, com alunos dos 3º, 4º e 5º anos, além de alguns casos do 1º e do 2º. No total, são duas salas, com 25 alunos cada.

Os alunos integrantes do PROETI contam com aulas da grade curricular obrigatória, no período da manhã, como português, matemática, história, entre outras, e, no período da tarde, são direcionados à atividades complementares, voltadas para o desenvolvimento motor, educativo e social, que são realizadas por meio de parcerias entre a Prefeitura de Inconfidentes e instituições do Município.

Entre as atividades complementares exercidas no período da tarde estão as aulas sobre as Plantas Alimentícias Não-Convencionais (PANC’s) e de xadrez, com estudantes do IFSULDEMINAS - Campus Inconfidentes. Também faz parte do programa, aulas de música, com a professora Fernanda Ferraz, além de palestras com a Psicóloga Eilien Scalco, do Departamento Municipal de Saúde.

Todos os dias, antes de iniciar as atividades, os alunos têm um período destinado ao cumprimento das tarefas de casa, passadas pelos professores da manhã. Ao final do dia, são feitas, também, atividades físicas com os profissionais do Departamento Municipal de Esporte e Lazer.

As vagas para o programa são limitadas e a inscrição para requisitar a matrícula é feita no início de cada ano letivo. As vagas são voltadas, principalmente,  para crianças que estão com alguma dificuldade de aprendizado, assim como alunos, cujos pais trabalham o dia todo e famílias de baixa renda.

O número de vagas abertos a cada ano letivo também depende da procura dos alunos. A intenção da Prefeitura Municipal de Inconfidentes é que o número também seja ampliado para 2019.